sábado, 8 de junho de 2013

Dominando a arte de ser foda






Uma coisa é ser bom, outra é ser ótima, melhor ainda é ser excelente.

Ok, mas e quando excelente parece pouco para definir algo?

Bom, aí, meu amigo, a palavra que você está procurando é "foda"!

"Foda", convenhamos, é um adjetivo muito interessante, porque pode ser usado tanto para o bem como para o mal.

Você pode achar que seu amigo é FODA por ter passado, com 21 anos, num concurso público DIFICÍLIMO sem ter estudado, e, recentemente, com o salário do novo emprego, ter adquirido seu primeiro apartamento.

Ao mesmo tempo, você pensa que é FODA você já ter mais de 30 anos e estar trabalhando com algo que odeia, recebendo pouco, aturando um chefe FDP, e, ainda por cima, morando numa "micronete" alugada que mal cabe a sua cama!

É ou não é???

Pois então, caros leitores, depois de muita reflexão, eu cheguei à uma conclusão reveladora: ser foda não é para qualquer um! 

Não basta querer, nem se esforçar, para ser foda há que se ter um "dom"!

Sentada ontem em um café no Iguatemi, eu tive uma experiência inusitada: uma aula com a grande mestre na arte de ser foda!

Nossa personagem de hoje, a quem chamarei, carinhosamente de "Sou-Fodona-demais", estava acompanhada por duas amigas: a "Foda-Aprendiz" e a "Tenho-inveja-da-Foda-mas-não-admito".

Durante os quase 20 minutos em que eu, discretamente, escutei a conversa das amigas "super poderosas", a "Sou-Fodona-demais" em termos futebolísticos (já no clima da Copa das Confederações), claramente teve a maior posse de bola.

Ela tinha presença de campo. Falava mais alto, gesticulava bastante, jogava o cabelo para o lado como nenhuma outra!

Seu "uniforme" era mais chamativo, sua "chuteira" era exclusiva (daquelas com o solado vermelho), e suas jogadas eram mais agressivas, capazes de intimidar as outras jogadoras.

Todas as vezes que as suas "adversárias" tentavam roubar a bola, ou eram interceptadas pela nossa craque, ou estavam tecnicamente impedidas.

Como assim???

Tentarei ser mais específica, reproduzindo um pequeno trecho (surreal) do bate-bola:

Foda-Aprendiz (querendo chutar pro gol): "Decidi passar as férias em Barbados. A família do Mauricinho (namorado, nome fictício) tem uma casa faaaaantástica na praia de"...

Sou-fodona-demais (levanta a bandeira, marcando o impedimento): "Barbados??? Em julho??? Creeeedo!!! Popular demais! Quase uma Paris no verão"!

Tenho-inveja-da-Fodona-mas-não-admito (tentando o drible): "Seychelles é muuuuuito melhor"!

Sou-Fodona-demais (mostrando o cartão amarelo): "Seychelles já era, querida! Tá cheio de pobre indo pra lá, querendo encontrar um príncipe"! (referência ao Príncipe William, que passou a lua-de-mel com a Princesa Kate nas Ilhas Seychelles).

Agora eu te pergunto, amigo leitor: se o pobre consegue ir pras Seychelles e eu não tenho dinheiro nem pra passar o fim de semana em Caldas Novas, que lugar me resta na pirâmide social?

Sub-miserável???

Deixa pra lá, né?!

Continuando com o jogo, não houve muita alteração nos minutos restantes. A Sou-Fodona-Demais liderou a partida, com seu repertório invejável de jogadas ensaiadas (as últimas tendências de maquiagem, moda, decoração, festas e afins).

Aliás, vocês sabiam que maquiagem da Mac é coisa da ralé?

Imagina se eu elogiasse o rímel da Avon?

Ah, meu amigo, era cartão vermelho na certa!

Moral da história: Treino é treino, jogo é jogo! Tá FOOOOODA ser foda!

Beijosss!

Até a próxima!



7 comentários:

Anônimo disse...

hahahahhahahahahha
Foooooooooooooooda, miga! Você é foda! Ótima observadora! hahahahaha

Silvia Helena

Anônimo disse...

Nandinha, boa demais estou chegando aí temos muitas fofocas,Aguarde! Tia foda!

Marcella Oliveira disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, adorei!!!

A Doceria da Tathy disse...

Eike FODA!!!

Jacque disse...

A melhor coisa que eu poderia ter lido num dia que está sendo FODA - do tipo férias nem em Caldas Novas e com visita em casa no meio de um semestre atarefadíssimo e em época de provas!!! Obrigada de uma
Ai-se-eu-conseguisse-ser-pelo-menos-fodinha :-)

Mariana Belloni disse...

oi Fê!
Esse é um outro mundo do qual eu não faço parte!! hahaha
E nem quero fazer! sério mesmo! hahaha
bjsssssss

Dani Dytz disse...

Haha, morrendo de rir! Aposto que nossas protagonistas são daquelas que, como dizia minha avó, comem frango pra arrotar peru... Tem certeza que a bolsa LV delas não era DF (direto da Feira?!) Hahaha

A Autora

Faça Parte!

Os 10 mais lidos

Seguir por Email

Arquivo do blog

Visualizações de página